Violino

Sofia Leong
Sofia Leong
Violinista

Sofia Leong Natural de Lisboa, iniciou os seus estudos musicais aos 9 anos de idade na Escola de Música Nossa Senhora do Cabo estudando com Pedro Rodrigues e mais tarde Raquel Cravino. Durante o seu percurso teve a oportunidade de se apresentar a solo no âmbito do festival “Dias da Música em Belém 2011 – Da Europa ao Novo Mundo 1883-1945”. Terminou o 12º ano com elevada distinção, obtendo 19 valores no recital final de violino, enquanto paralelamente terminava o Curso de Ciências e Tecnologias.

Primeira da família a prosseguir os estudos na área de música, ingressou na Academia Nacional Superior de Orquestra em 2015 na classe da professora Ágnes Sárosi, chefe de naipe dos 2ºs violinos na Orquestra Metropolitana de Lisboa. Em 2018 conclui a Licenciatura em Instrumentista de Orquestra com a distinção de 19 valores no recital final.

No ano académico de 2018/2019, foi bolseira da Fundação GDA, tendo a oportunidade de se mudar para a Bélgica para estudar com Alissa Margulis no Koninklijk Conservatorium Antwerpen. Em Junho de 2020 terminou o Mestrado em Perfomance com distinção.

Desde 2016, apresenta-se regularmente com a Orquestra Metropolitana de Lisboa. Foi selecionada por duas vezes para o Estágio Gulbenkian para Orquestra e foi selecionada como membro da Antwerp Symphony Jeugdorkest e da Nationale Jeugdorkesten Nederland em 2018 e 2019, respetivamente. Após apresentação em prova, foi selecionada em 2019 para o internship com a Opera Vlaanderen, na Bélgica.

Teve oportunidade de se aperfeiçoar com violinistas como Mihaela Martin, Tatiana Samouil, Barnabás Kelemen, Aníbal Lima, Kryzstof Wegerzyn, Philippe Grafin, entre outros, e de trabalhar com maestros de renome como Reinbert de Leeuw, Emílio Pomàrico, Michael Zilm, Joana Carneiro, Enrico Onofri, Jan Wierzba, Antony Hermus, e outros.

Todo o seu percurso deu-lhe oportunidade de se apresentar em orquestra em grandes salas de espetáculo como Royal Concertgebouw Amsterdam, Romanian Athenaeum, Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, Casa da Música, Centro Cultural de Belém e Flagey Concert Hall.

 

 

× WhatsApp

Usamos cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização. Mais informação

Usamos cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Fechar